Veja minha participação no Jornal da Gazeta

September 19, 2014 |

Televisão

Depois de uma temporada de sucesso no Rio, estreia hoje, no Centro Cultural Banco do Brasil, em São Paulo, “Cássia Eller – O Musical”. Com direção de João Fonseca e Vinícius Arneiro, texto de Patrícia Andrade e direção musical de Lan Lan, a peça flagra Cássia antes do início de sua carreira e acompanha toda a sua trajetória, sem deixar de lado seus amores, em especial Maria Eugênia, a companheira com quem criou o filho, Chicão. Cássia morreu em 2001, aos 39 anos. Mas seu legado entrou para a história da MPB, em composições como “Malandragem” e “Socorro”. Essas canções, e mais algumas, estão na montagem, interpretadas pela curitibana Tacy de Campos, que foi escolhida entre mais de mil candidatas.
Ainda em São Paulo, no Citibank Hall, o cantor espanhol Julio Iglesias, ícone da música romântica, chega com a turnê que marca sua despedida dos palcos. No show de hoje, ele convida à cena Fábio Jr. Já amanhã, sua convidada é Luiza Possi.
E o Museu de Arte Sacra de São Paulo abriu esta semana a exposição “Brecheret e sua Visão do Sagrado”. A mostra, que tem curadoria de Sandra Brecheret Pellegrini e expografia de Haron Cohen, apresenta 35 esculturas, mais desenhos e fotografias do escultor Victor Brecheret, de inspiração religiosa. Tudo do acervo da família. A mostra segue até novembro.
E a galeria Almeida e Dale abre na terça-feira uma exposição com 48 pínturas de Alberto da Veiga Guignard, reunidas entre coleções públicas e privadas pela curadora Denise Mattar. Faz muito tempo que a obra de Guignard, morto em 1962, não ganha uma mostra tão abrangente. O mercado vai ficar agitado. Boa Noite.