Veja minha participação no Jornal da Gazeta

December 12, 2014 |

Televisão

A direção da Fundação Bienal anunciou esta semana o nome do curador da 32ª Bienal Internacional de São Paulo, a ser realizada no segundo semestre de 2016. Trata-se de Jochen Volz, curador alemão que morou no Brasil, quando dirigiu o Museu de Inhotim, em Minas Gerais. Atualmente Volz está em Londres, onde dirige a Serpentine Gallery, importante espaço público dedicado à arte contemporânea. O curador é considerado um profundo conhecedor de arte contemporânea internacional, e da arte brasileira dentro deste contexto. A ligação de Volz com o Brasil é ainda mais forte. É casado e tem duas filhas com a artista plástica mineira Rivane Neuenschwander, que atualmente ocupa a grande sala do MAM de São Paulo com uma exposição. A escolha foi muito bem recebida pelo mundo paulistano das artes plásticas. Além disso, o Conselho Curador da Bienal manteve toda a atual diretoria executiva,presidida por Luiz Terepins, para um novo mandato de dois anos.
A atriz Fernanda Montenegro acaba de ser escolhida para receber o prêmio de Cultura da Fundação Conrado Wessel, por um júri que tinha, além de membros da Fundação, representantes da Academia Brasileira de Ciências, da Academia Brasileira de Letras, do Capes, da Fapesp, CNPq, e da SBPC. O prêmio, de 300 mil reais, o mais alto da categoria, será entregue em junho de 2015. E São Paulo ganha amanhã mais uma exposição permanente com um acervo da maior importância. O Itaú Cultural montou, em dois andares de sua sede, na Avenida Paulista, as coleções Brasiliana e de Numismática reunidas por Olavo Setúbal em décadas de garimpo. São mais de mil e trezentas peças, entre moedas raras e documentos e obras de arte relativos à história do Brasil. Muitas das pinturas, desenhos e gravuras levam as assinaturas de Franz Post, Rugendas, Debret e Chamberlain. Para ser visto. Boa noite.